Os santos podem interceder por nos?

Sim, mas apenas enquanto os “santos” estiverem vivos. Geralmente quando alguém pergunta isso está se referindo ao que o catolicismo chama de “santos”, ou seja, cristãos proeminentes que morreram e, através de uma decisão do clero, foram “canonizados” e passaram à categoria de “santos”, ou seja, espíritos capazes de operar milagres em favor dos vivos. A própria definição é falha, já que a Bíblia chama de “santos” a todos os que são da fé. Por exemplo, leia o início das epístolas e verá que elas eram dirigidas “aos santos que estão na igreja tal…”, ou seja, cristãos vivos, não mortos
===
Não sou pastor, padre ou clérigo. Não estou ligado a qualquer denominação ou organização religiosa. Congrego somente ao nome do Senhor fora do sistema denominacional, sem templos, líderes, sacerdotes, dízimos e coisas semelhantes.

As ideias aqui não são originalmente minhas, mas são fruto do que tenho aprendido da Palavra de Deus fora dos sistemas denominacionais com irmãos congregados ao nome do Senhor e também com autores de outras épocas que congregavam assim, como J. G. Bellett, C. H. Brown, J. N. Darby, E. Dennett, W. W. Fereday, J. L. Harris, W. Kelly, C. H. Mackintosh, A. Miller, F. G. Patterson, A. J. Pollock, H. L. Rossier, H. Smith, C. Stanley, W. Trotter, G. V. Wigram e muitos outros.

(0)

Category: O que Respondi